Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Secretaria de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo
Início do conteúdo

O que é a Black Friday? Como evitar golpes? O Procon RS dá algumas dicas para você aproveitar a data

Publicação:

black friday procon
Arte: Jürgen Mayrhofer
Por Arthur Mezacasa

A Black Friday é uma data comercial originada nos Estados Unidos que ocorre todos os anos na quarta sexta-feira do mês de novembro. É considerada a abertura da temporada de compras para os feriados de fim de ano por lá. O comércio brasileiro começou a realizar promoções de Black Friday há cerca de dez anos e hoje o período já é tradicional para os consumidores que buscam preços mais acessíveis. Em 2022, a sexta-feira oficial da Black Friday cai no dia 25 de novembro. Apesar de haver um dia específico para as ofertas, muitas lojas divulgam descontos por um período mais longo. 

Confira algumas dicas que o Procon RS separou para você realizar suas compras de forma segura. 

O Pix é o mecanismo de pagamentos e transferências mais utilizado hoje no Brasil. A plataforma é rápida, gratuita e muito segura, porém exige alguns cuidados. Para evitar ser vítima de criminosos, verifique sempre os dados do recebedor do pagamento e o valor a ser transferido antes de confirmar a operação. 

É necessário ter muita atenção ao realizar compras em sites: grupos criminosos podem criar páginas falsas de lojas conhecidas e utilizarem a seção de cadastramento para obter seus dados. Sempre dê preferência por comprar no aplicativo do estabelecimento ou, se quiser comprar via site, digite você mesmo o endereço na barra de pesquisa do navegador. Páginas de buscadores costumam não ter controle sobre quem paga para promover as páginas. Ou seja, os resultados patrocinados (que aparecem por primeiro) podem ser sites falsos.  

Nos portais de venda on-line, o CNPJ e o endereço da empresa aparecem no rodapé da página. Esses dados possibilitam que você consulte no site da Receita Federal se o CNPJ e o endereço realmente pertencem àquela empresa. 

Hoje em dia, é comum que as grandes empresas possibilitem a instituições de menor porte fazerem vendas em seus portais. Se você adquirir produtos destas empresas parceiras, faça toda tratativa e conversa com fornecedores dentro da mesma plataforma. Desconfie se você for redirecionado para outro site ou aplicativo. 

Outra ferramenta muito utilizada no dia a dia e que também pode ser usada por golpistas é o WhatsApp. Se você não se cadastrou ou não forneceu seu número para receber mensagens da loja, sugerimos não fazer compras nesta plataforma. Links enviados a você com promoções imperdíveis podem ser uma tentativa de phishing. Essa prática busca fisgar a vítima e ocorre quando uma pessoa é levada a acreditar que está em um ambiente confiável para que forneça dados e informações que podem ser utilizados para crimes. Pesquise pela suposta promoção em redes e sites oficiais da empresa e verifique se ela realmente é procedente. 

Boletos também podem ser usados para aplicar golpes. Confira o nome do beneficiário e o valor do documento antes de efetuar o pagamento. 

É importante pesquisar sobre a procedência do fornecedor e também sobre a média de preços do produto que você quer comprar. Desconfie de lojas com preços muito abaixo da média. Você também pode utilizar o aplicativo Menor Preço - Nota Gaúcha para fazer comparação de preços. E lembre-se: sempre exija a sua Nota Fiscal. 

Tire print de páginas de confirmação de compra, guarde recibos e notas da compra e tire fotos caso receba um produto com problema. 

Se precisar fazer uma reclamação, verifique se o seu município possui Procon Municipal. Se não houver, envie sua demanda para o Procon RS neste link ou agende atendimento presencial. 

PROCON RS